Abraji

Abraji

domingo, 30 de junho de 2013

Chinesa responsável por pastelaria pendura pedaços de carne em quadra esportiva em Caxias



Uma comerciante chinesa tentou transformar um quadra pública em frigorífico, na Praça da Matriz, no bairro de Santa Cruz da Serra, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. A mulher pendurou pedaços de carne na grade da quadra e os deixou ali durante quase toda a tarde desta quinta-feira. A cena foi registrada pelo leitor Eduardo Barcelos. Ele contou que a carne ficou pendurada no local das 12h às 16h, enquanto alunos de uma escola pública do entorno faziam aula de Educação Física. “Em Santa Cruz da Serra, uma chinesa pendura carne de origem duvidosa em quadra esportiva, um absurdo. A vigilância sanitária tinha que fiscalizar mais essas lanchonetes”, sugeriu Eduardo ao publicar a imagem no Facebook. A chinesa é responsável por uma pastelaria que fica a cerca de 100 metros da quadra esportiva.
(Fonte: Extra)

sábado, 29 de junho de 2013

Lixo hospitalar de três UPAs no Rio é encontrado em reserva ambiental


Lixo hospitalar infectante de três Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do Rio - Rocinha, Cidade Nova e Ilha do Governador - foi encontrado, na manhã desta quinta-feira, na Área de Proteção Ambiental (APA) de Tinguá, em Caxias, na Baixada Fluminense. Entre o material há luvas, seringas usadas, anticoncepcionais, recituários com nome de pacientes, âmpolas com restos de sangue, roupas de pacientes sujas de sangue e gaze, entre outros. O lixo está na Estrada Rio-Paty, também conhecida como Estrada do Tabuleiro. Segundo Márcio Castro, chefe do Setor de Fiscalização da Reserva Biológica de Tinguá, o lixo foi deixado no local na madrugada do último dia 20. Alunos de uma escola municipal viram os detritos e chamaram os fiscais.É uma coisa inconcebível. O que aconteceu lá foi muito grave - disse Márcio. O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) já foi notificado sobre o despejo irregular de lixo e já identificou a empresa responsável. A Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente investigará o caso.
(Fonte: Jornal EXTRA)

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Cabral se reúne com moradores da Rocinha no Palácio Guanabara


Moradores da Rocinha, Vidigal e Chácara do Céu se reuniram com o governador Sérgio Cabral, no Palácio Guanabara, em Laranjeiras, na Zona Sul, no início da tarde desta sexta-feira. Os manifestantes têm protestado nos últimos semanas e cobrado, principalmente, melhorias na comunidade. Eles são contra a construção de um teleférico e pedem prioridade ao saneamento básico. O encontro também contou com a participação do secretário de Obras, Hudson Braga, o presidente da Empresa de Obras Públicas do Rio (Emop), Ícaro Moreno e o secretário de Governo, Wilson Carlos. O governador Sérgio Cabral se reuniu, nesta quinta-feira, com cinco representantes do movimento "Somos o Brasil" no Palácio Guanabara, em Laranjeiras, na Zona Sul. Participaram da reunião o secretário Sérgio Côrtes, da Saúde, Wilson Risolia, da Educação, e Wilson Carlos, de Governo, além do subsecretário de gestão de Ensino, Antonio Neto. Eduardo, o representante do grupo recebido nesta quinta, disse que a pauta a ser entregue ao governador ainda estaria sendo elaborada. O manifestante contou também que o grupo deixou o protesto porque “os objetivos tinham sido alcançados”, sem detalhar como, e por ter divergências com as cerca de 30 pessoas que ainda estão no local. 
(Fonte; Jornal EXTRA)

Japeri Comemora com grande estrutura seus 22

Japeri Comemora seus 22 anos com uma estrutura nada vista.







O prefeito de Japeri Timor, juntamento com sua equipe inovou na festa dos 22 anos de Japeri, de cara o evento foi todo cercado garantindo mais conforto para o público pressente no local, além disso a segurança toda uniformizada  e com equipes com coletes do POSSO AJUDAR?, foi o que mais chamou atenção no evento, profissionais bem preparados para atender quaisquer ocorrido durante a festa. Além da segurança postos de atendimento emergencial e um estrutura nada vista nas edições anteriores. O público marcou presença no evento onde na qual a cantora Bruna Carla foi a principal atração da noite. A festa da cidade é um evento-teste, pois o prefeito Timor disse que existe a possibilidade de Japeri sediar em outubro a EXPORJAPERI. Veja a programação pra hoje sexta-feita:
19:00h – Abertura dos Portões
19:00h - DJ'S - Oficial
20:00h – Primeira Eliminatória do Concurso de Repentista na Praça Gastronômica
22:00h - Promoção FM O DIA -
DJ Bob Brown
23:30h - Show com DIOGO NOGUEIRA
00:00h - Queima de Fogos
02:00h - Show com OS MORENOS 
03:45h - Encerramento com Banda Local

Bandidos fazem arrastão em Belford Roxo


Uma perseguição seguida de troca de tiros entre policiais militares do 39º BPM (Belford Roxo) e bandidos, na noite desta quarta-feira, terminou com um suspeito morto e outro preso. Segundo informações da PM, os dois e outros cinco cúmplices haviam acabado de roubar três carros num arrastão. Dois dos veículos foram recuperados e um revólver 38, apreendido. O caso foi registrado na 54ª DP (Belford Roxo), onde os acusados foram reconhecidos por vítimas. O arrastão foi por volta das 20h30m, na Estrada do Barro Vermelho, no bairro Santa Amélia, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Sete bandidos armados fecharam a via e renderam motoristas. Uma das vítimas chamos os PMs, que iniciou a perseguição ao bando, que fugiu nos carros roubados. Luan Constantino Silva, de 22 anos, dirigia um Gol roubado, foi baleado e morreu. Vitor Bezerril de Melo, de 24 anos, também estava no carro e foi preso. Um terceiro suspeito conseguiu fugir. Momentos depois, um Palio também levado pelo bando foi encontrado. Segundo informações do 39º BPM, a quadrilha que fez o arrastão é da Favela Rola Bosta, também em Belford Roxo. O bando seria responsável por vários assaltos no entorno da comunidade.
(Fonte; Jornal Extra)

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Senado aprova projeto que torna corrupção crime hediondo


No esforço para implementar uma pauta positiva e tentar dar uma resposta aos manifestantes que tomaram as ruas do país, o Senado aprovou, em votação simbólica nesta quarta-feira, o projeto de lei que torna a corrupção crime hediondo no mesmo dia em que o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou e expediu a ordem de prisão do deputado federal Natan Donadon (PMDB-RO). Apresentado pelo senador Pedro Taques (PDT-MT) em 2011, o texto prevê que os delitos de peculato, concussão (quando o servidor exige vantagem indevida), excesso de exação (quando o servidor exige taxa ou imposto que sabe ser indevido), corrupção passiva e corrupção ativa sejam considerados crimes hediondos. Uma emenda do senador José Sarney (PMDB-AP) incluiu no rol de crimes desse tipo o homicídio simples. Além disso, o documento aumenta as penas previstas no Código Penal para os crimes, que poderão variar de quatro a doze anos. Hoje, as penas variam de dois a doze anos. O texto ainda terá de passar pelo crivo da Câmara e só depois segue para sanção da presidente Dilma Rousseff. O relatório pela aprovação do projeto foi apresentado pelo senador Álvaro Dias (PSDB-PR) há quase um ano, mas, só agora, após a pressão popular contra a corrupção, o Senado decidiu pautar o tema. Em seu relatório, Álvaro Dias explica que a inclusão desses delitos no rol dos crimes hediondos implica a vedação de concessão de anistia, graça e indulto ao agente; impede o livramento mediante fiança, e torna mais rigoroso o acesso a benesses penais, como livramento condicional e progressão do regime de pena. Foi o senador quem incluiu os crimes de peculato e excesso de exação no projeto. e acordo com o projeto, a pena por concussão crime que consiste em usar o cargo para exigir vantagem indevida para si ou para outra pessoa, passa a ser de quatro a oito anos de reclusão e multa. A pena por corrupção passiva  solicitar ou receber vantagem indevida em razão da função assumida aumenta para reclusão de quatro a doze anos e multa.
(Fonte: Jornal O Dia)

Jovem é morto com oito tiros em Belford Roxo


Policiais da 54ª DP (Belford Roxo) investigam o assassinato de Marcos Vinícius Batista de Oliveira, de 20 anos, ocorrido na madrugada desta quarta-feira, no bairro Castelar, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Segundo informações do 39º BPM (Belford Roxo), o jovem levou oito tiros quando passava pela Avenida Professor Antônio Martins, próximo a sua casa. O pai de Marcos foi avisado que o filho estava caído na rua e correu para o local. Ele mesmo levou o jovem para o Hospital do Joca, perto de onde ocorreu o crime.
Não há pistas do assassino.
(Fonte: Jornal EXTRA)

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Prefeitos de São João de Meriti e Japeri reduzem o preço da passagem de ônibus.


O preço das passagens de ônibus em São João de Meriti e em Japeri serão reduzidos. As medidas foram anunciadas nesta terça-feira. Em Meriti, o preço da tarifa vai passar de R$ 2,80 para R$ 2,65. O prefeito Sandro Matos informou que a redução foi possível após uma avaliação técnica das finanças do município.  Estava preocupado com esta questão e resolvi pedir uma análise da viabilidade dessa redução de tarifa. Recebi o sinal verde e decidi reduzir o preço da passagem - disse o prefeito.Em Japeri, a alteração no valor da tarifa ocorreu após um acordo entre as empresas de transporte e o prefeito Ivaldo Barbosa dos Santos, o Timor. A passagem vai passar de R$ 2,75 para R$ 2,65 e valerá a partir da 0h desta quarta-feira.
(Fonte; Jornal Extra)

PEC 37 é rejeitada. Congresso, agora, quer agilizar votações


Após a presidente Dilma Rousseff, foi a vez de o Congresso Nacional dar resposta, nesta terça, às manifestações que tomaram as ruas nas últimas semanas. Principal demanda definida pelos presidentes da Câmara e do Senado, a Proposta de Emenda Complementar (PEC) 37 foi derrubada na noite desta terça por 430 votos a nove (e duas abstenções). A PEC iria impedir o Ministério Público de promover investigações criminais por conta própria. Agora, os parlamentares prometem arregaçar as mangas e manter o ritmo de votações - nas próximas semanas, 15 projetos prioritários deverão ser votados. Foi uma mudança de rumo. Até semana passada, o ambiente era favorável à aprovação da PEC, com a maioria querendo a restrição do poder de investigação do Ministério Público. Os deputados discutem, agora, a segunda prioridade, o projeto que destina 100% dos recursos dos campos de petróleo já licitados para a Educação. Os líderes partidários haviam acertado, no entanto, sua aprovação. A pauta de votação do Senado inclui, ainda, uma proposta para que os recursos dos royalties do petróleo financiem o passe livre para estudantes no transporte público. O presidente do Senado, Renan Calheiros, que tem sido alvo de protestos pedindo sua saída do cargo, sugeriu também que o governo federal reduza o total de ministérios — hoje, são 39 — e invista esse dinheiro em saúde, educação e segurança. Nesta terça, após a presidente Dilma se reunir com o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, e com representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o governo recuou da ideia de uma Assembleia Constituinte exclusiva para fazer a reforma política. Segundo o ministro da Educação, Aloízio Mercadante, Dilma enviará ao Congresso a proposta de um plebiscito para que o povo decida quais pontos devem ser reformados na maneira pela qual os governantes são eleitos.
(Fonte; Jornal EXTRA)

terça-feira, 25 de junho de 2013

Cadeirantes sem direito de ir e vir na Baixada


Há pouco mais de uma semana, a prefeitura de Queimados distribuiu, gratuitamente, 60 cadeiras de rodas feitas sob medida a deficientes físicos da cidade. Em Nova Iguaçu, há cerca de um mês, o prefeito Nelson Bornier (PMDB) participou da entrega, também gratuita, a pessoas portadoras de deficiência mais de 100 equipamentos, como cadeiras, muletas e andadores. As iniciativas contemplam aqueles que não têm condições de comprar o equipamento, mas poderiam fazer mais diferença na vida dos beneficiados, caso as cidades da Baixada Fluminense oferecessem melhores condições de acessibilidade. Foi o que o DIA observou durante blitz em cidades da região. Morador do Jardim Alzira, Jorge Mendes Souza, 50 anos, foi atropelado há cinco. As sequelas o fizeram depender de cadeira de rodas. Mas, apesar de ter o equipamento, depende de outras pessoas para circular pelas ruas. Como as calçadas não são adaptadas e as ruas não têm asfalto, ele precisa pedir ajuda para superar os obstáculos e subir o meio-fio. O cadeirante diz que a situação é pior ainda nos dias de chuva, quando não pode nem sair de casa. “Quando chove, a rua vira lama”, conta. Em Nova Iguaçu, o cenário é parecido. Na Via Light e em boa parte do Centro há rampas nas calçadas. Mas, mesmo assim, buracos dificultam o ir e vir dos cadeirante. Vítima de um acidente vascular cerebral no ano passado, Mônica Valéria Souza, 38 anos, teve o lado esquerdo de seu corpo paralisado e usa cadeira de rodas há sete meses. Ela só sai de casa na companhia do marido, Solon Tavares Santos, 33 anos. “Se não fosse por ele, não teria como circular pela cidade. As ruas e calçadas têm muitas ondulações e a cadeira bate muito”, critica.
(Fonte: Jornal O Dia)

Dilma propõe plebiscito para Constituinte exclusiva



A presidente Dilma Rousseff abriu na tarde desta segunda-feira a reunião com governadores e prefeitos das capitais com objetivo de definir uma linha de ação conjunta para melhorar os serviços públicos no país. A presidente destacou que busca soluções para as reivindicações que vem das ruas. Ela defendeu um plebiscito para uma Constituinte exclusiva para a reforma política, além de propor lei para a corrupção ser crime hediondo. Mais do que um debate estamos aqui para procurar soluções. Buscamos respostas, todas elas republicanas e participativas, aos problemas que inquietam e mobilizam o povo brasileiro - disse Dilma na abertura da reunião que convocou com todos os governadores, prefeitos das capitais e seus principais ministro - O povo está nas ruas dizendo que quer as mudanças, está nos dizendo que quer mais cidadania. Quer serviços públicos de qualidade, mecanismos mais eficientes de combate à corrupção - disse ainda a presidente Dilma.Antes do encontro, a presidente recebeu no Palácio do Planalto representantes do Movimento Passe Livre, que iniciou a onda de protestos pelo país com o objetivo de reduzir as tarifas de ônibus. A presidente listou quais são os cinco pactos que ela propõe agora: o primeiro ponto é a estabilidade fiscal; uma reforma política com a proposição de um plebiscito para uma Constituinte com fim exclusivo de tratar desse assunto; recursos e ações exclusivas para o SUS; plano para o transporte público, com o anuncio de desoneração de PIS e Cofins para o diesel e para a energia que move veículos da rede de transporte; e ações para a educação, com destinação de 100% dos recursos do pré-sal para o setor. Decidi destinar mais R$ 50 bilhões em investimentos para obras de mobilidade urbana e investir em metrôs, tivemos a incorreta opção de não investir em metrô.Por fim, no pacto pela educação pública, a presidente reforçou que nenhuma nação se desenvolve sem educação em tempo integral, creches, ensino profissionalizante, e universidades, e afirmou que condição essencial nesse pacto é a boa remuneração dos professores.
(Fonte; Jornal EXTRA)

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Justiça nega pedido de prisão temporária de homem identificado em briga durante manifestação no Rio.


A Justiça negou mais um pedido de prisão temporária feito pela Polícia Civil do Rio de suspeitos identificados em atos de vandalismo nas últimas manifestações ocorridas no Rio. Desta vez, o alvo era o administrador de empresas Gabriel Campos Pessoa de Mello, de 29 anos, indiciado pelos crimes de lesão corporal, ameaça, dano ao patrimônio, incitação ao crime e formação de quadrilha por envolvimento nos confrontos ocorridos, em frente ao prédio da Prefeitura do Rio, na última quinta-feira. Este é o sétimo pedido de prisão temporária negado pela Justiça desde a última quarta-feira.O pedido havia sido feito no plantão judiciário, pelo delegado-adjunto da 5ª DP (Mém de Sá), Antônio Bonfim. Ao inquérito encaminhado ao Ministério Público e à Justiça haviam sido anexadas fotos que mostram Gabriel em várias situações: armado com pedaço de ferro na mão, em luta corporal com outros homens e afrontando policiais militares a cavalo que faziam a proteção do prédio. Em imagens feitas por fotógrafos e repórteres de O Globo e agências internacionais é possível ver o administrador visivelmente alterado, partindo para cima de outros manifestantes e da cavalaria. Ele também chegou a agredir um fotógrafo do Extra.
No entanto, segundo a assessoria do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), o pedido foi negado porque não havia provas suficientes, uma vez que as imagens que foram anexadas ao inquérito não deixaram claro para o juiz e para o promotor do Ministério Público responsáveis pelo caso se Gabriel estava impedindo ou promovendo a confusão. Segundo o TJ-RJ, as imagens feitas pela imprensa não foram entregues à Justiça, que pediu à Polícia Civil provas mais contundentes.
(Fonte: Jornal O Dia)

Prefeitos de Caixas, Nova Iguaçu e Belford Roxo também suspendem aumento da passagem de ônibus.


Os prefeitos Dennis Dauttmam (PCdoB), de Belfor Roxo, Alexandre Cardoso (PSB), de Duque de Caxias, e Nelson Bornier (PMDB), de Nova Iguaçu, anunciaram nesta quinta-feira a redução no preço das passagens nos ônibus municipais das três cidades da Baixada Fluminense. O anúncio foi feito após uma reunião com os três prefeitos na sede da Prefeitura de Duque de Caxias. Em Belford Roxo e em Nova Iguaçu, a tarifa cai de R$ 2,80 para R$ 2,65. Em Caixas, são cobrados quatro preços distintos: a primeira tarifa cai de R$ 2,80 para R$ 2,65; a segunda cai de R$ 5,05 para R$ 4,80; a terceira cai de R$ 2,95 para R$ 2,80; e a quarta cai de R$ 3,15 para R$ 3,00. As três prefeituras publicam amanhã nos diários oficias dos municípios decretos que suspendem os aumentos que foram concedidos anteriormente. Em todas as cidades, as reduções começam a valer a partir desta sexta-feira, após a publicação do decreto. Ontem, os prefeitos do Rio e Niterói também anunciaram a suspensão do aumento das tarifas de ônibus. Nessas duas cidades, o preço da passagem volta a ser R$ 2,75.
(Fonte: Jornal EXTRA)

domingo, 23 de junho de 2013

Manifestantes amanhecem acampados na frente do prédio do governador Sérgio Cabral


Manifestantes permanecem acampados, na manhã deste domingo, em frente ao prédio do governador Sérgio Cabral, no Leblon, na Zona Sul do Rio. Os jovens dormiram mais uma noite em barracas montadas na Avenida Delfim Moreira, na altura da Rua Aristides Espínola. No domingo, a via fica fechada para lazer. O protesto no Leblon começou no início da noite da sexta-feira. Centenas de pessoas caminharam cerca de seis quilômetros, a partir da estação de metrô da General Osório, pela Avenida Vieira Souto. Apesar do temor dos comerciantes, que fecharam as lojas mais cedo, o grupo seguiu pacificamente pela orla. Entre as reivindicações estavam melhorias na saúde e na educação pública. Eles seguiram até a esquina da Rua Aristides Espínola, no Leblon, onde mora o governador Sérgio Cabral. Uma barreira formada por policias impediu que o protesto chegasse à portaria do imóvel onde ele vive com a família. Por volta das 22h, o grupo ficou reduzido a cerca de 20 pessoas, que ainda ocupavam a Avenida Delfim Moreira, no sentido São Conrado.
(Fonte Jornal EXTRA)

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Manifestantes entram em confronto com policiais no Rio e pelo menos 62 ficam feridos


Após a chegada de cerca de 300 mil pessoas ao prédio da prefeitura do Rio de Janeiro, alguns manifestantes que se aproximaram demais da cavalaria da Polícia Militar entraram em confronto com os PMs às 19h. Bombas de efeito moral foram lançadas pelos policiais e houve muita correria no local. Manifestantes jogaram pedras nos policiais e colocaram fogo em sacos de lixo. Segundo a Secretaria Municipal do Rio, 62 pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas ao Hospital Souza Aguiar --ao menos três atingidos por balas de borracha, um policial militar e dois guardas municipais. Policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais) cercaram todo o quarteirão onde fica a prefeitura. Segundo um agente que preferiu não se identificar, apenas em um das ruas do entorno há cerca de 100 PMs. O efetivo total não foi divulgado pela corporação, mas há homens de vários batalhões. Um carro da equipe de reportagem do "SBT" no Rio de Janeiro foi totalmente incendiado na Praça Onze. A emissora informou, ao vivo, que nenhum funcionário ficou ferido no incidente. Um jornalista da "Globonews" foi ferido na cabeça por uma bala de borracha. Na Lapa, a rua Mem de Sá, com a maior concentração de bares do bairro boêmio, foi totalmente tomada por policiais do Batalhão de Choque e do Bope. As pessoas que optaram por deixar o protesto no início do confronto saíram da manifestação sem pânico e cantando o hino nacional a plenos pulmões. O auxiliar de marceneiro Cléber Tavares, 23, disse que foi atingido na confusão. "Jogaram uma pedra ou um pedaço de madeira que atingiu minha cabeça. Fiquei tonto", contou ele que foi atendido por um grupo de voluntários.(Fonte: UOL Notícias)

Vândalos ficam sem contro na manifestação no centro do Rio

Van

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Cabral alerta para possibilidade de atentados de facção criminosa em passeata


Sérgio Cabral enviou e-mail, no início da tarde desta quinta-feira, para aliados e integrantes de seu governo em que alerta para a possibilidade de o Comando Vermelho cometer atentados durante a passeata de hoje, no Centro do Rio. O governador diz que sua fonte é o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Segundo ele, o ministro classificou de "seguras" as informações sobre a infiltração de traficantes na manifestação. Baseado no relato do ministro, Cabral recomenda que todos fiquem atentos. Os alvos seriam o Palácio Guanabara, a prefeitura, a Assembleia Legislativa e a TV Globo. Ontem, o 'Informe do Dia' revelou que a Polícia Federal já havia detectado que traficantes planejavam aproveitar as manifestações de rua para cometer atentados.
(Fonte; O Dia)

Prefeito e governador do Rio afirmam que são a favor das manifestações


No dia seguinte ao protesto que reuniu cem mil pessoas no Centro do Rio de Janeiro, ainda era possível encontrar as marcas do vandalismo deixadas por uma minoria. A população reagiu contrária à destruição de prédios históricos. Depois da noite de violência e caos no quarteirão da Assembleia Legislativa do Rio, a terça-feira (18) foi dedicada a limpar as marcas da depredação nas velhas calçadas de pedra portuguesa, na estátua de Tiradentes, nas paredes do Paço Imperial. “Grande maioria pacífica, no meio aparece alguns baderneiros, o que não é bom. Destroem patrimônio público, que depois nós mesmos vamos ter que pagar por isso”, diz o aposentado Antonio Galdino. No centro histórico da cidade, algumas lojas nem puderam abrir as portas. Um grupo de estudantes ocupou a escadaria da Assembleia para deixar registrado um protesto contra o vandalismo. “Não tem que protestar quebrando, tem que protestar falando”, declara uma mulher. O Comando-Geral da PM do Rio disse que o batalhão de choque só entrou em ação quando policiais foram acuados na Assembleia. “Eles colocaram fogo em uma porta lateral da Alerj, aquilo ali representou risco iminente. A partir daquela situação houve a ação do batalhão de choque”, declara o relações públicas da PM, Francisco Caldos. Durante a passeata que reuniu cem mil pessoas no centro, milhares protestaram contra o governador e o prefeito do Rio. Eduardo Paes disse que apoia as manifestações pacíficas e está aberto a conversar com as lideranças dos protestos. “Toda vez que a gente abre diálogo, a gente tem que estar aberto para todas as possibilidades. O que eu quero dizer é: a Prefeitura do Rio não reajustava a passagem há um ano e meio. Nós temos o bilhete único de R$ 2,95, que serve para duas viagens”, diz o prefeito do Rio. Mais cedo, o governador Sérgio Cabral também disse que é a favor da negociação. “Aqui sempre esteve aberto, viva a democracia. Viva a possibilidade de manifestações, viva a possibilidade de ir às ruas, e sempre de maneira pacífica e respeitosa”, afirmou.
(Fonte: O Globo

Adolescente de 13 anos foi mostrar arma para um amigo e acabou acertando o irmão de 11


O corpo de Leandro Alexandre dos Santos Bittencourt, de 11 anos, foi enterrado nesta terça-feira, às 14h30, no cemitério do Centro, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Familiares e amigos acompanharam o cortejo. Leandro foi baleado pelo irmão de 13 anos, acidentalmente, quando o mais velho foi mostrar a arma para um amigo, na residência onde morava no bairro da Posse, em Nova Iguaçu, na segunda-feira. Segundo o delegado titular da 58ª DP (Posse), não houve roleta-russa ou outras brincadeiras com a criança. Ainda segundo Marcos Alves, a arma foi furtada da casa de um policial civil pelo adolescente de 13 anos, que não possui passagem pela polícia. O jovem pegou a pistola escondida e foi mostrar pro amigo, retirando as munições. Porém, não se deu conta de que ainda havia uma bala na arma, acertando no irmão, de 11. "Ele apertou o gatilho quando o irmão entrava na cozinha e o atingiu no olho. O rapaz foi apreendido e será autuado pela prática de infração análoga a homicídio culposo (sem intenção de matar). Ainda vamos analisar se o pai será indiciado", complementou o delegado.
(Fonte; Jornal O  Dia)

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Rio terá blindados e auxílio da Força Nacional


O vandalismo praticado por um grupo de manifestantes após a passeata de segunda-feira fez com que a Polícia Militar reavaliasse os planos para a segurança do jogo entre Espanha e Taiti nesta quinta, no Maracanã. Em reunião nesta terça-feira à tarde, a cúpula da corporação decidiu que vai reforçar a partida da Copa das Confederações com 1.800 PMs, 600 a mais do que no evento de domingo, quando jovens foram reprimidos com violência. O Ministério da Justiça informou nesta terça que Rio, Ceará, Bahia, Minas Gerais e Distrito Federal estão recebendo hoje efetivo da Força Nacional. O reforço da PM vai ser empregado tanto na segurança do estádio quanto no entorno, para onde manifestantes pretendem seguir em nova passeata, segundo informações em redes sociais. Além da unidade da Tijuca, a tropa será formada pelo Grupamento de Policiamento em Estádios (GEPE) e os batalhões de Choque e de Ações com Cães. Helicópteros equipados com câmeras transmitirão imagens em tempo real para o Quartel-General da corporação. Carros blindados serão usados para transportar a tropa e, se necessário, no boqueio de vias. Nesta terça, o coordenador de Comunicação da PM, coronel Frederico Caldas, falou sobre os confrontos entre policiais e manifestantes na segunda. Ele disse que o efetivo empregado 150 policiais do 5º BPM (Centro), foi o mesmo usado na última passeata na Av. Rio Branco, quinta-feira passada. “Se pegar a história do Rio nos últimos anos, não há o histórico de agressividade que tivemos ontem. Dimensionamos o efetivo a partir do histórico que tínhamos. Não imaginamos que as pessoas teriam o comportamento bárbaro, criminoso, que teve essa minoria”, disse. Sobre a demora para o Batalhão de Choque entrar em ação três horas depois do início da violência, que incluiu a invasão da Alerj e o quase linchamento de um PM, Caldas justificou que a entrada foi calculada. “Esgotamos as possibilidades de negociação pelo 5º BPM antes. Se hoje lamentamos perdas materiais, dependendo da decisão, poderíamos lamentar vidas”, concluiu.
(Fonte; Jornal O Dia)

terça-feira, 18 de junho de 2013

A Câmara dos deputados em Brasília aprovou ontem um golpe de Estado!


A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, justamente a comissão de JUSTIÇA, aprovou hoje um projeto de emenda à Constituição que, se levado adiante, representará nada menos do que um golpe de Estado. Contrariando uma multissecular tradição profundamente enraizada no Ocidente, contrariando o espírito da Constituição, contrariando o bom senso e as regras elementares da democracia, a emenda proposta pretende submeter ao Congresso decisões da Justiça que declare inconstitucionais emendas à Carta. Isso ocorrerá, se essa loucura prosperar, sempre que o Supremo Tribunal Federal julgar procedentes as chamadas Ações Diretas de Inconstitucionalidade (Adin) propostas por vários órgãos legalmente autorizados a isso (veja quais na lei que regula as Adins, parágrafo 2º). Ou seja, deputados e senadores serão quem decidirão, em última instância, se vale ou não vale o que eles próprios aprovaram. Nesses casos, serão os juízes de si mesmos, em detrimento dos direitos e garantias individuais dos cidadãos, cuja garantia é a JustiçaO Legislativo, sempre controlado, como os demais Poderes, pelo Judiciário nas nações civilizadas e decentes, será seu próprio controlador em determinados casos, e se colocará acima do Poder Judiciário.
(Fonte: Revista Veja)

Protesto reúne milhares de manifestantes, e tentam invadir Alerj


Manifestantes tentaram por volta das 19h50 desta segunda (17) invadir a Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro) e a Polícia Militar reagiu lançando bombas de efeito moral. A multidão se dispersou após a reação dos policiais. O Batalhão de Choque foi acionado e marchou na região. Manifestantes pularam as grades que separavam o público da Alerj. Alguns usaram as grades para forçar a entrada. Depois disso, na região, cestos de lixo foram queimados. Um carro foi virado na região. Milhares de manifestantes foram às ruas da capital fluminense protestar. As reivindicações foram além do aumento da passagem de ônibus, para R$ 2,95. Os manifestantes pediram educação e saúde de qualidade, além de protestar contra a corrupção e os gastos para a Copa e Olimpíada. Paredes do Paço Imperial, na praça 15, foram pichadas.
(Fonte; Jornal O Dia)

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Professor é atingido na cabeça por bala perdida em Duque de Caxias


O professor de Química Italo Souza Gatto, de 37 anos, foi baleado na cabeça, por volta das 7h de domingo, 16, quando saía de casa com sua mulher e seu filho de nove meses, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ele havia acabado de retirar o carro da garagem e voltou para fechar o portão, na Rua Doutor Otávio Áscoli, no bairro Vila Centenário, quando bandidos em fuga efetuaram disparos contra uma viatura da Polícia Militar. A vítima foi atingida por uma bala perdida na cabeça. A mulher e o bebê nada sofreram. A rua é próxima a duas favelas dominadas por traficantes de drogas. A PM negou que os policiais tenham reagido e que houve confronto. Parentes do professor contaram que inicialmente ele foi levado ao Hospital Moacyr Rodrigues do Carmo, administrado pela Prefeitura de Duque de Caxias, mas não havia tomógrafo (equipamento indispensável para avaliar a gravidade da lesão cerebral). Em seguida, ele teria sido transferido para o Hospital Adão Pereira Nunes, administrado pelo governo do Estado, que também estaria sem o equipamento disponível. Por fim, Gatto foi internado no Hospital de Clínicas Mário Leoni. A unidade, que é particular, informou nesta segunda-feira, 17, que o estado de saúde do professor é gravíssimo. Ele está em coma induzido e respira com auxílio de aparelhos. O caso está sendo investigado pela 59ª Delegacia de Polícia (Caxias). Até a manhã desta segunda, ninguém havia sido preso. Em nota, a Secretaria Estadual de Saúde informou que "não procede a informação de que o tomógrafo (do Hospital Adão Pereira Nunes) esteja quebrado. Neste domingo, um pico de luz registrado na região restringiu o funcionamento do tomógrafo, mas a situação foi normalizada no mesmo dia". Já a Prefeitura de Duque de Caxias informou que, na semana passada, houve uma reunião com a empresa fabricante do tomógrafo do Hospital Moacyr Rodrigues do Carmo e que, no prazo máximo de um mês, o equipamento será consertado.
(Fonte; O Estadão)

Lindbergh é investigado por suposto esquema de propina em Nova Iguaçu


O Supremo Tribunal Federal autorizou a abertura de inquérito para investigar o suposto envolvimento do senador Lindbergh Farias, do Partido dos Trabalhadores (PT), em irregularidades na contratação de empresas pela prefeitura de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, entre 2005 e 2010, quando foi prefeito da cidade. A informação foi divulgada pelo RJTV 2ª edição na última sexta-feira (14). De acordo com a denúncia da Procuradoria Geral da República, há indícios de um suposto “arranjo criminoso” para o pagamento de propina a servidores por empresas, com suspeita de que o dinheiro do esquema teria sido usado para financiar a campanha eleitoral e pagar despesas pessoais do senador. A pedido do Ministério Público, o Supremo autorizou ainda a quebra de sigilos bancário e fiscal da empresa Novo Rumo Engenharia e de seus sócios. A defesa do senador Lindbergh afirmou que ele não teme a investigação e que aguarda detalhes para se pronunciar em breve.
(Fonte; O Globo)

domingo, 16 de junho de 2013

Ipem vai verificar táxis em Meriti a partir de segunda


O Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Rio de Janeiro (Ipem) fará, entre os dias17 a 21, a verificação periódica dos taxímetros do município de São João de Meriti. O atendimento será de 9h às 12h e de 13h às 17h, através da unidade móvel do órgão, o “Baby”, que ficara estacionado na Rua Jasper, s/nº, no bairro Parque Alian. Os taxistas que já a verificação no exercício de 2013 não precisam efetuar pagamento de nova taxa, mas devem comparecer ao local da verificação, devidamente agendados, para colocação do selo de vistoriado 2013. Os taxímetros que não foram verificados no exercício de 2012 , e estiverem sem o selo no para-brisa, estarão sujeito à multa por falta de verificação. Aqueles que faltarem estarão sujeitos a multa. Segundo o Ipem, o taxista permissionário que não puder efetuar a verificação veículo no dia determinado, deverá requerer prazo para nova vistoria, dentro do prazo que foi estabelecido no calendário de verificação. Poderá ser no local onde a unidade móvel do instituto estará realizando o serviço ou , ainda, na sede, que fica na Rua Padre Manuel da Nóbrega, 539, Piedade
(Fonte; EXTRA)

sábado, 15 de junho de 2013

Câmara de Nova Iguaçu cria novos órgãos e cargos comissionados.


A Câmara Municipal de Nova Iguaçu, que gasta R$ 290 mil por mês com o pagamento dos 29 vereadores, terá aumento nas despesas. Dezoito novos cargos comissionados, com salários variando entre R$ 600 e R$ 3.500, foram criados, no último dia 30, pela presidência da Câmara. A Casa Legislativa também ganhou um aumento na estrutura interna, com a criação de 11 órgãos. Entre os novos mimos que ficarão à disposição de parlamentares e funcionários, assim que estiverem em funcionamento, estão os serviços de copa e de enfermagem. E os gastos não vão parar por aí. Na semana passada, o Diário Oficial publicou ato reajustando os vencimentos de ocupantes de cargos de confiança. O menor salário previsto de função gratificada, exercida por funcionário de carreira ou não, passa a ser de R$ 600. Já o maior foi fixado em R$ 9 mil. O valor é pouco abaixo do salário de um vereador, que em Nova Iguaçu recebe R$ 10 mil mensais. Maurício Morais (PMDB), presidente da Câmara, preferiu não divulgar o valor total da folha de pagamento de pessoal. Mas, justificou: Em dezembro, um aumento ilegal foi concedido pelo antigo presidente. Anulamos isto em janeiro. Como a lei manda fazer a revisão dos proventos em maio, fizemos o realinhamento.
(Fonte: Jornal EXTRA)

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Manifestação no Rio termina com 19 detidos


Cerca de 10 mil pessoas participaram, na noite desta quinta-feira, do protesto contra o aumento da passagem de ônibus no Centro do Rio. Ao contrário do que aconteceu em São Paulo, onde os atos foram marcados por confrontos violentos entre a polícia e os jovens, houve confusão rápida só no fim da passeata, quando parte dos manifestantes seguia para a Central. Um estudante levou tiro de borracha no olho esquerdo, e um PM foi atingido com pedrada na cabeça. Um terceiro manifestante se feriu. Segundo a Polícia Militar, 16 pessoas foram detidas e encaminhadas à 5ª DP (Mem de Sá), mas a Polícia Civil informou que somente duas prestaram esclarecimentos O protesto começou às 17h na Candelária e seguiu, primeiramente, para a Cinelândia. O estudante Philippe Brissant de André de Lima, 20 anos, levou o tiro quando estava próximo à Rua Uruguaiana. “Estava perto dele. Quando olhei para trás, vi um policial atirar à queima-roupa. Pura covardia. Ele só protestava”, afirmou o advogado André de Paulo, que estava no movimento e ofereceu assistência jurídica ao jovem, levado para o Hospital Souza Aguiar.A Avenida Rio Branco ficou interditada por uma hora, quando começou a manifestação e, no final, quando cerca de 200 homens do Batalhão de Choque chegaram para dispersar pequeno grupo. Os jovens ficaram frente a frente com os policiais, que estavam com escudos. As fachadas da Assembleia Legislativa (Alerj) e da Igreja de São José, na Av. Presidente Antônio Carlos, foram pichadas. Na Central, jovens que se diziam do movimento atearam fogo a montes de lixo. Um grupo teria sido detido.
(Fonte; Jornal O Dia)

Prefeitura de Nova Iguaçu interdita posto terceirizado do Detran.


Um posto terceirizado do Detran foi interditado, na última  segunda-feira(11), por agentes da Secretaria de Defesa Civil e Ordem Pública de Nova Iguaçu. A empresa, que fica na Rua José Mariano dos Passos 261, no bairro Prata, funcionava sem licença como depósito de veículos. Segundo o secretário de Defesa Civil, Luiz Antunes, a empresa estava instalada há cerca de dois meses e precisava entregar o alvará, o certificado do Corpo de Bombeiros, o seguro de sinistro e a licença ambiental até o dia 6 de junho, o que não foi feito. Segundo a prefeitura, o posto só será reaberto com a apresentação dos documentos exigidos pelo Código Municipal de Postura.
(Fonte; Jornal EXTRA)

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Ministro do STF autoriza quebra de sigilos do senador Lindbergh Farias


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli autorizou a quebra dos sigilos bancário e fiscal do senador Lindbergh Farias (PT-RJ) no período de janeiro de 2005 a dezembro de 2010, conforme havia antecipado o site da revista "Época"A abertura dos dados é parte de inquérito no qual o parlamentar é investigado por supostas fraudes ao Fundo de Previdência dos Servidores Municipais de Nova Iguaçu (Previni). Na época das supostas irregularidades, Lindbergh era prefeito da cidade.  A decisão foi tomada no dia 6 de junho e divulgada no Diário de Justiça Eletrônico (DJE) nesta terça (11). A defesa de Lindbergh nega a ocorrência de fraudes na Previni na gestão dele como prefeito (leia abaixo), diz que o senador já ofereceu dados fiscais e bancários e que não há preocupação com a quebra de sigilo decretada por Toffoli. "O Lindbergh é um dos únicos políticos do Brasil que oferece sigilo bancário. A mim não importa porque já tinha sido oferecido à Suprema Corte. Ele não tem absolutamente nada a esconder. Não estamos com medo da quebra de sigilo bancário. O que não posso deixar é que esclarecimentos importantes deixem de ser feitos ao ministro", disse ao G1 advogado Celso Villardi. O pedido de quebra de sigilo foi feito pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que investiga o caso. Como senador, Lindbergh tem foro privilegiado e só pode ser investigado em inquérito no STF sob a supervisão da Procuradoria Geral da República. Além de pedir que o Banco Central envie as informações bancárias do senador em 30 dias, o ministro determinou ainda que a Receita Federal envie dados do imposto de renda do parlamentar no mesmo período. Segundo Toffoli, a quebra dos sigilos se faz necessária para continuidade das apurações.
(Fonte: G1.com)

Duas crianças morrem em explosão de posto na Baixada Fluminense


Duas crianças morreram em uma explosão em um posto de combustíveis em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. O carro ficou destruído. O cilindro de gás foi parar longe. O posto fica na rodovia Washington Luís, a principal ligação entre a cidade do Rio de Janeiro e a região serrana do estado. Testemunhas disseram que o veículo estava sendo abastecido com gás natural quando houve a explosão. “Da janela onde eu estava trabalhando, só ouvi a explosão e o teto subindo, uma parte do posto, com as pessoas correndo para longe da explosão”, diz Luis Carlos Gonçalves, assistente administrativo. Duas crianças que estavam no carro morreram. O motorista ficou gravemente ferido e está internado. Segundo testemunhas, outro homem que estava no carro escapou porque desceu para pagar a conta.No cadastro do Detran, não aparece que o veículo foi convertido para GNV. O posto ficou sem energia elétrica e parte do teto desabou. Toda a área foi isolada para o trabalho de perícia. Ainda não se sabe o que provocou a explosão. A advogada do posto, Joice Rocha, disse que os documentos estão em dia.
(Fonte: Jornal O Globo)

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Filho de dono de jornal é assassinado com 44 tiros na Baixada Fluminense

José Roberto Ornelas de Lemos, filho do dono do jornal Hora H, que circula na Baixada Fluminense, foi assassinado com 44 tiros na noite de terça-feira (11) em um bar no bairro de Corumbá, em Nova Iguaçu, na baixada. Segundo testemunhas, quatro homens entraram armados e encapuzados no estabelecimento e iniciaram os disparos com metralhadoras. A vítima, que andava armada, não teve tempo de reagir. Os criminosos fugiram. Amigos levaram José Roberto Lemos até o Hospital Geral de Nova Iguaçu, mas ele não resistiu aos ferimentos. Três funcionários do bar presenciaram o crime e não ficaram feridos. As testemunhas já prestaram depoimento. José Roberto trabalhava como diretor do jornal Hora H e costumava publicar denúncias contra policiais corruptos e o tráfico de drogas. Ele vinha recebendo ameaças, e, por isso, teria passado a andar armado. A pistola que estava com ele foi recolhida pela perícia. No estabelecimento havia oito câmeras de segurança, duas do lado de fora e seis no interior. A polícia irá analisar as gravações para tentar identificar os assassinos. Nenhuma cápsula foi encontrada no local do crime. O caso foi registrado na Delegacia da Posse (58ª DP).
(Fonte: O Globo)

Filho de dono de jornal é assassinado com 44 tiros na Baixada Fluminense


José Roberto Ornelas de Lemos, filho do dono do jornal Hora H, que circula na Baixada Fluminense, foi assassinado com 44 tiros na noite de terça-feira (11) em um bar no bairro de Corumbá, em Nova Iguaçu, na baixada. Segundo testemunhas, quatro homens entraram armados e encapuzados no estabelecimento e iniciaram os disparos com metralhadoras. A vítima, que andava armada, não teve tempo de reagir. Os criminosos fugiram. Amigos levaram José Roberto Lemos até o Hospital Geral de Nova Iguaçu, mas ele não resistiu aos ferimentos. Três funcionários do bar presenciaram o crime e não ficaram feridos. As testemunhas já prestaram depoimento. José Roberto trabalhava como diretor do jornal Hora H e costumava publicar denúncias contra policiais corruptos e o tráfico de drogas. Ele vinha recebendo ameaças, e, por isso, teria passado a andar armado. A pistola que estava com ele foi recolhida pela perícia. No estabelecimento havia oito câmeras de segurança, duas do lado de fora e seis no interior. A polícia irá analisar as gravações para tentar identificar os assassinos. Nenhuma cápsula foi encontrada no local do crime. O caso foi registrado na Delegacia da Posse (58ª DP).
(Fonte: O Globo)

Prefeitos petistas dizem que vão lutar por aliança com o PMDB



Os dez prefeitos petistas que se reuniram na tarde desta terça-feira (11), no gabinete do chefe do Executivo de Niterói, Rodrigo Neves, se comprometeram a lutar pela aliança entre o PT e o PMDB nas eleições do ano que vem. "Os prefeitos também se comprometeram em trabalhar pela união entre o PT e o PMDB no Estado do Rio de Janeiro e no projeto nacional do partido de reeleger a presidenta Dilma Rousseff", informa nota divulgada pela assessoria de Neves, idealizador do encontro e defensor do apoio à candidatura do vice-governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) ao Palácio Guanabara, em detrimento do senador Lindbergh Farias (PT). O grupo decidiu também marcar novas reuniões, para discutir sobre administração pública e, principalmente, política. No próximo dia 17, eles vão tomar café da manhã com o presidente estadual do PT, Jorge Florêncio, e almoçar com o governador Sérgio Cabral (PMDB) e Pezão. Neves chegou a criticar as gestões dos colegas de partido. "Queremos mudar o paradigma das administrações petistas", disse.
(Fonte; Jornal O Globo)

terça-feira, 11 de junho de 2013

Rodrigo Neves já monta palanque de Pezão


 Anota aí: 11 de junho deverá virar feriado estadual por se transformar no dia em que o PT do Rio rachou para apoiar a pré-candidatura de Luiz Fernando Pezão (PMDB) contra a do senador petista Lindbergh Farias. Está marcada para hoje, às 12h30, no gabinete do prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PT), reunião com os outros dez administradores municipais eleitos pelo partido no estado. Na pauta: a importância da manutenção da aliança PT-PMDB. Simples assim.Nas palavras do prefeito niteroiense, a reunião de hoje será para “o fortalecimento da integração dos prefeitos do PT no diálogo com os governos federal e estadual.” O prefeito que já deixou claro considerar inoportuna a pré-candidatura de Lindbergh faz questão de dizer que a reunião não tem cunho político. Difícil vai ser explicar isso para o presidente regional do PT, Jorge Florêncio, que só soube da reunião ontem à noite, pelo DIA. “Como ele (Rodrigo) convoca os prefeitos sem comunicar à regional? É grave, é um desrespeito à direção regional. Será que ele quer agora substituir o partido? Ele está sendo desrespeitoso com o partido”, reagiu Florêncio. Ao comentar a pauta da reunião, Florêncio respirou fundo e disse apenas que prefere ver o que vai acontecer para depois decidir o que fazer. Estão convidados para a reunião de hoje os prefeitos de Angra dos Reis, Cantagalo, Conceição de Macabu, Maricá, Miguel Pereira, Paracambi, Paraty, Pinheiral, São Pedro D’Aldeia e São Sebastião do Alto. O de São Pedro D’Aldeia, Chumbinho, disse ontem que vai. “Meu partido é São Pedro D’Aldeia. Quem entrar de sola para ajudar a cidade, eu estou junto”, entregou.
(Fonte: Jornal O Dia)

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Jovens são executados por traficantes rivais em Queimados-RJ



Três jovens foram assassinados na noite de quinta-feira (7), na rua Zelina de Carvalho, na comunidade São Simão, em Queimados, na Baixada Fluminense. Luiz Fernando Freire Vieira, de 27 anos, Otávio Soares, de 20, e Ramon Conceição, de 19, eram suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas na região. Eles teriam sido mortos por criminosos de uma facção rival. De acordo com a polícia, os três rapazes estavam sentados na calçada, quando cinco homens armados chegaram de surpresa em um carro. Em uma ação rápida, o grupo disparou tiros na cabeça das vítimas. Moradores da área disseram à polícia que os jovens assassinados costumavam usar drogas na comunidade e eram ligados ao tráfico. Ainda segunda a vizinhança, eles teriam recusado uma proposta de associação feita por um grupo criminoso rival. A polícia investiga se a negativa pode ter resultado em uma retaliação. O caso foi registrado na Delegacia de Queimados (55ª DP).
(Fonte; R7.com)

domingo, 9 de junho de 2013

Usina vai transformar o lixo de Gramacho, na Baixada Fluminense, em energia limpa



 Transformar o lixo em energia limpa é um desafio que virou realidade com a início das atividades da Usina de Biogás do Aterro Metropolitano de Gramacho, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Instalada no antigo lixão, a primeira usina de gás verde do país vai atender a Refinaria de Duque de Caxias (Reduc), da Petrobras. A usina tem capacidade para suprir 10% da demanda energética da Reduc, com uma produção anual de 70 milhões de metros cúbicos (m³) de gás verde. A obra durou quatro anos e teve investimentos de R$ 240 milhões, com parceria da prefeitura do Rio e apoio da Petrobras. O biogás é gerado a partir da decomposição da matéria orgânica do Aterro de Gramacho e em seguida é captado por 301 poços de coleta distribuídos na região. Depois, o produto é transportado por tubulações até a usina de coleta e processamento, onde passa por várias etapas de purificação até atingir o padrão de qualidade exigido pelas especificações técnicas da Petrobras. O biogás purificado, que será comercializado com a marca registrada Gás Verde, é então bombeado para a Reduc por meio de um gasoduto exclusivo, com seis quilômetros de extensão. A proposta para o futuro é que o biocombustível possa ser produzido para atender o consumo residencial, comercial e veicular.  De acordo com o diretor do Consórcio Novo Gramacho, que integra as empresas Biogás, Synthesis e a construtora J. Malucelli, Paulo Tupinambá, entre as vantagens do biogás estão a inibição de gás carbônico na natureza, as receitas geradas com créditos de carbono, além de benefícios para os municípios do Rio e de Duque de Caxias.  “O biogás é composto por 50% de gás carbônico e 50% de metano gerado da decomposição da matéria orgânica aterrada em Gramacho, o chorume. Se esse gás vai para a atmosfera, o impacto é 24 vezes pior do que o efeito estufa. A usina trata, queima e purifica o biogás que será vendido à Reduc. Ganha o ambiente e ganha a Petrobras, que passa a ter um excedente de gás limpo,” explicou. Durante 35 anos, o Aterro de Gramacho foi o principal destino de cerca de 80 milhões de toneladas de lixo do Rio de Janeiro e de municípios vizinhos, tendo se transformado no maior aterro da América Latina. Às margens de um manguezal na Baía de Guanabara, o local foi uma fonte de trabalho para centenas de catadores. O aterro fechou em junho de 2012 e a partir daí o lixo passou a ser levado para a Central de Tratamento de Resíduos de Seropédica, na região metropolitana do Rio. O projeto de aproveitamento energético do biogás do Aterro Gramacho foi aprovado recentemente pela UNFCCC (United Nations Framework Convention on Climate Change) e registrado em maio de 2013 para fins de certificação de créditos de carbono, que serão comercializadas no futuro.
(Fonte: Em.com)

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Menor mata a mãe,pra ter mais liberdade com o namorado


De olhos baixos, a imagem de X. na 32 DP (Taquara) contrastava, nesta quinta-feira, com a jovem que cultivou sua força nas aulas de muay thai durante quatro anos. Foi com as técnicas da luta que a menor, de 17 anos, teria conseguido matar a mãe, Adriana Rocha de Moura Machado. Fria, ela confessou o crime à polícia após ser pressionada. O assassinato aconteceu uma semana após Adriana proibir a adolescente de levar o namorado, Daniel Duarte Peixoto, à sua casa. Para ter mais liberdade com o parceiro, segundo a polícia, a jovem planejou e executou o crime com a ajuda do rapaz. dormia na mesma cama da mãe, em um pequeno apartamento no Cachambi. Foi da intimidade que ela tirou a oportunidade para golpear Adriana com um “mata-leão”. Já desmaiada, a vítima foi sufocada com um saco plástico. Daniel já aguardava X. do lado de fora da casa, para comprarem álcool e queimarem com o corpo. O casal levou Adriana até um terreno em Duque de Caxias, onde o corpo foi incendiado. Um dia depois, a menor ligou para o primo, o inspetor de polícia Rafael Machado, para comunicar o desaparecimento da mãe. X. acusou uma prima, que discutiu com Adriana recentemente pela herança de outro parente.  Ela me pedia para procurar a mãe nos hospitais, sabendo onde ela estava. Se existe um monstro nessa história, é ela, desabafa Fabiana Lopes, amiga da família. Segundo a polícia, a jovem também tinha interesse em um seguro de vida da mãe, no valor de R$ 15 mil, do qual era a única beneficiária. Após quatro depoimentos, o casal confessou o crime. Daniel pode pegar até 30 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. X. cumprirá uma medida socioeducativa por no máximo três anos.
(Fonte: Jornal EXTRA)

Feira em Duque de Caxias, incentiva a reciclagem


Na semana em que comemora o meio ambiente, os Parceiros do RJ de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, mostraram uma feira que incentiva a reciclagem. O evento é realizado na quadra da escola de samba Grande Rio e tem entrada franca. Além dos trabalhos artesanais, os visitantes podem conferir atrações culturais que estimulam a preservação da natureza. A partir das 13h desta quinta-feira (6), serão realizadas oficinas de artesanato. Às 19h, os visitantes poderão conferir desfile de moda e apresentação de dança. Na sexta-feira (7), a partir das 10h, haverá oficinas para adultos e crianças e exposições. A feira termina às 15h. A quadra da Grande Rio fica na Rua Wallace Soares, número 5, no Centro de Duque de Caxias.
(Fonte; G1.com)

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Alerj conclui votação de aumento de servidores estaduais da Educação


Estado do Rio - Os professores da rede estadual de ensino e servidores do Degase (Departamento Geral de Ações Socioeducativas) ganharam aumento salarial de 8%. O projeto de lei com a alteração foi aprovado, nesta terça-feira (4/6), pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Extensivo também aos aposentados e pensionistas, o reajuste tem o mês de junho como referência. Mais de 172 mil funcionários públicos serão beneficiados. Com a medida, o salário inicial de um docente de 30 horas semanais vai subir de R$ 1.878,40 para R$ 2.028,67, além dos benefícios mensais de transporte (até R$ 110) e alimentação (R$ 160). Já no Degase, um agente administrativo vai receber R$ 2.360,15. De acordo com o subsecretário de Gestão de Pessoas da Secretaria de Educação, Luiz Carlos Becker, o Rio de Janeiro é o estado do país que melhor paga seus professores. A agência de conteúdo Cartola mostrou, em pesquisa feita em abril deste ano, a pedido do portal Terra, que o Estado tem o melhor vencimento entre as redes estaduais de ensino do país. Isso foi avaliado independentemente dos 8%. De 2007 até agora, a categoria acumula reajuste de 85% – afirmou Becker.Os parlamentares também aprovaram a criação de duas novas funções gratificadas. A primeira é a de assistente operacional escolar, que supre a tarefa do coordenador de turno. Os 3.627 servidores que se habilitarem para a atividade terão a responsabilidade de acompanhar a dinâmica da unidade, auxiliando a direção na coordenação. O professor ativo que desejar a oportunidade vai receber gratificação de R$ 840 mensais. A outra função será a de agente de acompanhamento da gestão escolar, docente que vai monitorar a gestão de até oito escolas. O objetivo dos 250 selecionados será auxiliar os diretores das unidades a baterem suas metas. A gratificação será de R$ 1.800. Os interessados para ambas as funções poderão de candidatar a partir de julho. Para quarta-feira (5/6), a Alerj votará o projeto de lei que também concede aumento de 8% para servidores da Faetec (Fundação de Apoio à Escola Técnica).
(Fonte: Folha Vale do Café)