Abraji

Abraji

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

André Ceciliano

Errar é humano. Persistir no erro...














Tenho acompanhado em silêncio o desenrolar dos trabalhos dos parlamentares estaduais. O novo presidente assumiu e muitas nomeações foram feitas. Como moro e trabalho em Japeri, não poderia me omitir em relação aos fatos que vem ocorrendo. O ex-prefeito de Paracambi e suplente de deputado estadual em exercício na ALERJ, André Ceciliano (PT), que foi candidato a prefeito e que tem DOMICÍLIO ELEITORAL em Japeri, mas, que na realidade mora em PARACAMBI, assumiu a suplência com o pé esquerdo. No dia da sua posse, Ceciliano foi o protagonista e “roubou a cena”, na matéria que foi ar na TV Globo, em várias editorias (Bom Dia Rio, RJ TV 1ª Edição e RJ TV 2ª Edição), referente aos suplentes que assumiram mandatos com a ida de deputados para o secretariado de Cabral. O repórter Paulo Renato Soares, resumiu com certo brilhantismo as denúncias do Ministério Público (MP) de Paracambi, sobre as ações em que o agora deputado responde na justiça.
Um dos processos é sobre a falsificação de documentos, onde segundo o MP, Ceciliano teria tentado ludibriar o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ). A outra denúncia é referente à compra de móveis escolares sem licitação. As denúncias foram aceitas pela justiça em Paracambi. Entretanto, como Ceciliano assumiu o mandato de deputado, mesmo sendo suplente, tem direito a foro privilegiado, ou seja, só pode ser processado pelo Tribunal de Justiça (TJ-RJ), com autorização da ALERJ. Na entrevista concedida ao repórter, André Ceciliano foi enfático ao esclarecer sobre as denúncias: “Político não tem que se explicar! Só em estar se explicando é ruim! Mas a gente tem o momento certo de se defender, de ser notificado, e a gente vai passar por isso tranqüilo”, concluiu o parlamentar.
Depois da entrevista, Ceciliano volta à cena: Dessa vez, apresentou em “parceria” com o deputado Gilberto Palmares (PT), o Projeto de Resolução Nº 20/2011, que concede a Medalha Tiradentes e o respectivo Diploma ao Dr. Alberto José Rodrigues Saá, governador da província de San Luis na Argentina. Em sua justificativa, Ceciliano economizou no texto: “O Dr. Alberto José Rodrigues de Saá é Governador da Província de São Luiz, da República Argentina, Advogado, formou pela Faculdade de Direito e Ciências Sociais da Universidade Nacional de Buenos Aires em 1974 e, pós graduado na Universidade de Salamanca na Espanha. Seu currículo é extenso e demonstra sua capacidade intelectual e profissional nas diversas áreas do conhecimento humano. O agraciado desenvolve inúmeras ações em prol da população do Estado do Rio de Janeiro, em especial a celebração de convênios para fomento das atividades culturais e turísticas entre o Estado do Rio de Janeiro e a província Argentina de São Luiz, acarretando inegáveis benefícios para a população Fluminense, razão pela qual faz jus à honraria da concessão da Medalha Tiradentes”.
Curiosidade de jornalista é fogo... Antes de falar sobre a Medalha Tiradentes e a minha curiosidade, preciso expressar minha opinião sobre as acusações do MP a André Ceciliano. O deputado, um político experiente e “democrata”, dizer que “político não tem que se explicar, só em estar se explicando é ruim”, concluo: COMO É QUE É? ASSUME MANDATO E NÃO TEM QUE SE EXPLICAR? TUDO BEM QUE O MANDATO "CAIU NO COLO", QUE O DEPUTADO NÃO FOI ELEITO, É SUPLENTE... MAS ESPERA AI: SE ESTÁ NO MANDATO, TEM QUE SE EXPLICAR SIM SENHOR! A entrevista de Ceciliano não pode e não deve servir como exemplo aos jovens políticos. Já pensou se vira moda? Toda a falsificação e ou compra sem licitação, sem explicação? EU EIN! Estava aqui pensando com os meus botões... Uma pessoa vai a um partido político, se filia, se candidata, busca votos e faz promessas. Depois chega na TV e diz: "Político não tem que se explicar..." Tá de brincadeira... Agora vamos a Medalha Tiradentes: O deputado tem liberdade de indicar quem bem entender, é um direito do parlamentar. Entretanto, governador da Argentina? Pelo amor de Deus! Nascido e criado em Paracambi, eleitor em Japeri, assume um mandato e resolve homenagear alguém. Homenageia o governador de uma província Argentina? E mais: Colocou o nome da província errado. Deputado, não é São Luiz da Argentina, é San Luis. Professores, diretores de escolas, empresários, políticos, enfim, tanta gente boa que poderia ter sido homenageada... Que desperdício.
Ai vem à curiosidade do jornalista: Fui pesquisar e descobri que San Luis está situada no centro-oeste do país, com pouco mais de 400 mil habitantes. Limita-se ao norte com a província de La Rioja, a leste com Córdoba, ao sul com La Pampa, a oeste com Mendoza e a noroeste com San Juan. Sua capital é a cidade homônima de San Luis. Quanto ao homenageado, foi senador e governador reeleito pelo Partido Justicialista (PJ), também conhecido como partido Peronista. Em 2003, o governador Alberto José Rodrigues Saá, foi candidato a presidência na Argentina e será candidato novamente (fonte: Wikipédia). Pesquisando atentamente, não encontrei nada que relacionasse o governador Saá com o Rio de Janeiro. Encerro mandando uma mensagem para Ceciliano: "Apesar de reconhecer que lhe caiu no colo, utilize com sabedoria o mandato que Vossa Excelência, assumiu. Quanto aos processos que responde, abra mão de sua imunidade parlamentar e prove aos seus eleitores o quanto é inocente. Errar é humano, persistir no erro"... Estou disponibilizando aos nossos leitores: A íntegra da publicação no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro, da Resolução da Medalha Tiradentes, o site da província de San Luis http://www.sanluis.gov.ar/ e ainda o vídeo da matéria exibida na TV Globo.

PROJETO DE RESOLUÇÃO Nº 20/2011

CONCEDE MEDALHA TIRADENTES E RESPECTIVO DIPLOMA AO DR. ALBERTO JOSÉ RODRIGUEZ SAÁ, GOVERNADOR DA PROVÍNCIA DE SÃO LUIZ DA ARGENTINA.

Autor(es): Deputados ANDRÉ CECILIANO, GILBERTO PALMARES

DESPACHO:

A imprimir e à Comissão de Normas Internas e Proposições Externas. Em 17.02. 2011

DEPUTADO PAULO MELO PRESIDENTE.

A ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RESOLVE:

Art. 1º - Fica concedida Medalha Tiradentes e respectivo diploma ao DR. ALBERTO

JOSÉ RODRIGUEZ SAÁ, GOVERNADOR DA PROVÍNCIA DE SÃO LUIZ DA ARGENTINA.

Art. 2º - Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação.

Plenário Barbosa Lima Sobrinho, 17 de fevereiro de 2011.

Deputados ANDRÉ CECILIANO, GILBERTO PALMARES, André Corrêa, Luiz Martins, Rosangela Gomes, Aspásia Camargo, Clarissa Garotinho, Gerson Bergher, Janio Mendes, Lucinha, Roberto Henriques, Xandrinho.

JUSTIFICATIVA

O Dr. Alberto José Rodrigues de Saá é Governador da Província de São Luiz, da República Argentina, Advogado, formou pela Faculdade de Direito e Ciências Sociais da Universidade Nacional de Buenos Aires em 1974 e, pós graduado na Universidade de Salamanca na Espanha. Seu currículo é extenso e demonstra sua capacidade intelectual e profissional nas diversas áreas do conhecimento humano. O agraciado desenvolve inúmeras ações em prol da população do Estado do Rio de Janeiro, em especial a celebração de convênios para fomento das atividades culturais e turísticas entre o Estado do Rio de Janeiro e a província Argentina de São Luiz, acarretando inegáveis benefícios para a população Fluminense, razão pela qual faz jus a honraria da concessão da Medalha Tiradentes Encaminho em anexo, o currículo do ilustre agraciado que comprovam a sua capacidade.

  

video



EDIÇÃO ATUALIZADA
CLIQUE NA IMAGEM